Archive | utilidade pública RSS feed for this section

Pecado Vegano – seu novo canal de veganismo no youtube!

14 dez

Muitas pessoas têm adotado ultimamente um estilo de vida mais natural.

Ainda assim, para os iniciantes desse modo de vida saudável e que respeita os animais, sobram inúmeras dúvidas…

Embora haja muitas maneiras de conseguir informações sobre o veganismo, o novo programa de Ivan Di Simoni, Pecado Vegano, apresenta informações, experiências pessoais, receitas deliciosas, com muito bom humor.

Tudo muito fácil, explicado de uma maneira simples e acessível – mesmo para pessoas que não possuem experiência na cozinha.

Muita gente pensa que o veganismo é uma decisão que repercute apenas em sua própria vida… Como eu descobri recentemente, não é bem isso!

O consumo excessivo de carne vermelha e derivados de produtos animais tem relevância à sua saúde e ao planeta também. Todas as pessoas são diretamente afetadas pela pecuária, em larga escala, necessária a abastecer a demanda por alimentos.

Isso afeta a atmosfera, as reservas de água do planeta e muito mais.

Assim, convido a todos para assistirem ao primeiro episódio e a aprender a receita de uma maravilhosa mousse de chocolate feita com aquafaba:

 

Ingredientes do mousse
4 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de sopa de óleo de coco
4 colheres de sopa de açúcar

Líquido de uma caixa de grão de bico
1 colher de chá de essência de baunilha

Não consegue acessar o Legendas.tv? Saiba a razão e como resolver.

7 maio

Desde a madrugada do dia 06 (ontem), muitos brasileiros tiveram dificuldades em acessar o site Legendas.tv, que proporciona a troca de legendas de filmes e séries, feitas por seus próprios usuários.

A razão:

Aparentemente, houve uma falha de servidores de DNS no Brasil, que impediu o acesso a vários sites, dentre os quais, o Legendas.tv.

Como resolver:

Uma maneira de evitar o problema, que funcionou (ao menos para mim), é  um serviço grátis, sobre o qual já escrevi, chamado OpenDNS – que evitou, neste caso,  qualquer falha, continuando a navegar nos sites normalmente, mesmo numa intercorrência como de hoje; e, além disso, oferece uma enorme proteção contra sites maliciosos, e controle de navegação (apenas para quem o desejar).

Já escrevi sobre o serviço, que uso, com sucesso há alguns anos: Internet mais rápida e segura em sua casa ou empresa. Controle de conteúdo e acesso a sites e serviços online. Conheça o OpenDNS. (serviço totalmente grátis).

Não é necessária  inscrição para usar o serviço, em sua versão grátis e básica, bastando para isso configurar os servidores de DNS primário e secundário em sua conexão do computador (ou em seu roteador) – algo que parece complicado, mas é um procedimento muito simples, e no site tem os tutoriais, explicando tudo.

Boa sorte.

Posts recomendados:

Descubra se uma página na internet está fora do ar, ou se o problema é relacionado à sua conexão. Conheça o “down for everyone or just me?”.

The Pirate Bay fora do ar – saiba o que aconteceu e conheça alternativas ao serviço suspenso.

25 ago

Atualização (11/01/10) O site The Pirate Bay, em cumprimento à decisão judicial da Corte de Amsterdã, expedida em 22 de outubro de 2009, motivada em ação judicial movida pela associação holandesa anti-pirataria, BREIN, foi forçado a desligar o tracker de todos os arquivos protegidos por direitos autorais – o que foi feito, ao que parece, na tarde de ontem (10/01/2010).

Com o desligamento do servidor, ainda que o site permaneça em “funcionamento”, não mais será possível o compartilhamento de arquivos protegidos por direitos autorais, indexados pelo The Pirate Bay.

5 alternativas semelhantes ao The Pirate Bay – BitTorrent


Leia abaixo o artigo original, publicado neste blogue, em 24/08/09:

Hoje (24/08/09) o conhecido site de indexação de arquivos no formato torrent, The Pirate Bay, foi “desligado” pelo provedor “Black Internet”, que hospedava o site, em decorrência de uma ordem da Justiça Sueca que ordenava a paralisação integral do tráfego do site, sob pena de aplicação de severas multas financeiras, no valor de 500,000 kronor (aproximadamente 71.000 dólares americanos) por dia.

O The Pirate Bay foi vendido, em 30 de junho deste ano, para  uma empresa sueca, a Global Gaming Factory X (GGF), que pretendia viabilizar um modelo de negócios com o site, compensando os detentores dos direitos autorais dos arquivos compartilhados. Continue lendo

Dicas Interessantes faz 500.000 visitas! Presente aos leitores: série especial de posts comemorativos.

24 ago

O blog “Dicas Interessantes” está no ar desde 17/11/2008.

Neste fim de semana, mais precisamente em 22/08/2009, completamos 500.000 (quinhentas mil) visitas. Continue lendo

Descubra se uma página na internet está fora do ar, ou se o problema é relacionado à sua conexão. Conheça o “down for everyone or just me?”.

16 jul

Uma situação relativamente comum, para usuários de internet, é : ao navegar por um endereço conhecido (como o Google, por exemplo), no momento de acessar a página, é exibida uma mensagem de erro, constatando que não foi possível a conexão com o servidor daquele website.

O raciocínio habitual seria imaginar que, se você consegue navegar por outras páginas normalmente, o problema seria necessariamente relacionado com aquele site específico.

Mas isso nem sempre é verdade.

Questões como falhas de DNS (aliás, recentemente comuns no Brasil), ou mesmo filtros de controle de acesso, entre outras tantas,  podem causar o mesmo resultado.

Como então, saber definitivamente, se o problema é relacionado ao site ou à sua conexão? Continue lendo

As bicicletas e as cidades

4 jul

Cidades como Barcelona e Paris, investem em bicicletas como meio de transporte público.
A adesão foi enorme e tem um monte de vantagens: é cômodo, limpo, seguro e faz bem á saúde.
Será que melhoraríamos o trânsito no Brasil com as “magrelas”?

Seguem opções de bicicletas bacanas, tem para todos: lowriders, old fashion, elegantes e funcionais em estilo holandês, e de marcas de moda.

bicicleta G-Star
bicicleta G-Star

Minha predileta é a da holandesa G-Star. A bicicleta tem o mesmo espírito urbano e jeanswear da marca.

Para quem gosta de levar etiqueta para passear, tem a da Gucci e a da Chanel (adoro o matelassê, como vemos nas íconicas bolsas da marca). Mas convenhamos, tem que ter um bom jogo de cadeados para deixar bicicletas que valem mais de 3.000 dólares estacionadas por aí, não é?

bicicleta Chanel
bicicleta Chanel
bicicleta da Gucci
bicicleta da Gucci

A “bici” da Ikea é prática. A cadeia sueca que vende móveis como se fossem produtos de supermercado, fez uma bicicleta muito versátil e com um bom preço. Entra na categoria das dobráveis e portáteis. Essa vc pode deixar ao lado da sua mesa enquanto trabalha, legal, né?

Pesquisando mais sobre bikes, descobri outra ação interessante que esta mesma empresa, Ikea, promoveu para incentivar seus nove mil funcionários do Reino Unido a usarem este meio de transporte: deu uma bicicleta para cada um como presente de Natal, em dezembro de 2006.

Como disse antes, existem bicicletas para todos os perfis, até para as mamães, como o modelo da Taga. Continue lendo

Luminária de copos descartáveis, criada pelo artista plástico paulistano Douglas Okura (faça você mesmo).

4 jul

Luminária de design excepcional, feita com copos descartáveis e prendedores de papel, e criada pelo artista plástico de São Paulo, Douglas Okura.

A peça pode ser montada facilmente, por qualquer pessoa, e não requer habilidades específicas na sua confecção.

Além disso, apresenta um efeito estético bastante curioso, tanto ligada, quanto com a luz apagada.

O guia passo a passo, ilustrado com dezenas de fotos e instruções detalhadasde como criar a luminária de copos descartáveis, já está sendo preparado e será publicado também, muito em breve.

Por enquanto, se tiver curiosidade sobre a elaboração da luminária, assista ao vídeo,  publicado no canal do Dicas Interessantes no youtube – filmado diretamente no ateliê do artista, com imagens da preparação, montagem e finalização da obra:

Continue lendo

Prefeitura de São Paulo cria portal de Adoção de Cães e Gatos .

3 jul

A Prefeitura de São Paulo, em uma louvável iniciativa, criou um portal para promover a adoção de animais.

O “PROBEM de Cães e  Gatos” é um site que, além de funcionar como “vitrine” dos bichos candidatos à adoção, tem disponíveis informações de grande utilidade, relacionadas ao assunto:

  • testes de aptidão para pessoas que pretendem adotar;
  • informações sobre saúde;
  • vacinas;
  • responsabilidades dos donos de animais;
  • cuidados com cães e gatos;
  • cadastro e animais perdidos e encontrados;
  • cartilhas infantis;
  • material para professores promoverem conscientização animal;
  • Centro de Controle de Zoonoses (informações sobre o trabalho realizado atualmente no CCZ);
  • informações para denúncias sobre maus tratos a animais. Continue lendo

WordCamp Brasil 2009 – uma grande vitória para todos os usuários brasileiros do WordPress.

30 jun
WordCamp-BR

Matt Mullenweg, Zé Fontainhas, SeuFelipe, Edu e eu – WordCamp-BR.

No último domingo, dia 21 de junho, foi realizada o WordCamp Brasil.

Mas, afinal, o que é um “WordCamp”?

O “WordCamp”, foi idealizado por Matt Mullenweg, criador do WordPress (sem o qual este site, por exemplo, não existiria), e fundador da Automattic (empresa que mantém e desenvolve a plataforma de publicação); e ocorreu, pela primeira vez, em 05 de agosto de 2006,na cidade de São Francisco, no Swedish American hall.
Matt organizou tudo de última hora, em cerca de três semanas; embora a idéia de reunir os usuários de WordPress já lhe fosse  um pensamento antigo.
Afinal, embora houvesse uma grande comunidade de pessoas interessantíssimas, congregada pelo WP, Matt percebeu que, naquela época, não existia um encontro, uma oportunidade, para que os usuários se conhecessem e interagissem pessoalmente – ainda que muitos trabalhassem em projetos conjuntos – só se conheciam à distância.
E, como não poderia deixar de ser, o primeiro WordCamp da história, foi concebido por Matt em um estilo “BarCamp” (que é “uma reunião pontual, nascida do desejo das pessoas de compartilhar conhecimentos e aprender, em um ambiente aberto”).

Churrasco no almoço (grátis), distribuição de camisetas do WordPress, e um dia inteiro para usuários e desenvolvedores conversarem sobre a ferramenta. O que poderia ser melhor, para os apaixonados pelo WP?

Para Matt, ainda que não desse certo (sim, acredite, ele considerou tal hipótese), seria, no mínimo, divertido.

Compareceram, no WordCamp de São Francisco, em 2006, cerca de 300 pessoas, e o evento foi tão bem sucedido, que hoje há fins de semana em que ocorrem quatro WordCamps, ao mesmo tempo, em diversos países do mundo!

Isso fez com que, por exemplo, Matt viajasse, somente em 2008, durante 212 dias – rodando uma distância que equivale a 7,5 vezes o diâmetro da Terra.

Como eu cheguei ao primeiro WordCamp-BR?

Volto ao nosso WordCamp Brasil, e a história de como me envolvi em sua organização; quebrando, aqui, o “estilo”  habitual do blog, em que falo pouco sobre mim, e muito mais para os outros.

Na semana passada, eu lia um artigo sobre o WordCamp de São Francisco 2009, e, por um feliz acaso, cheguei ao site do evento que seria realizado aqui em São Paulo, o WordCamp_BR.

Meu ímpeto de satisfação imediata naufragou, quase que instantaneamente, quando constatei que todas as 300 inscrições gratuitas já estavam preenchidas, e, a fila de espera, com 150 pessoas aguardando a vaga, com uma eventual desistência de algum dos inscritos.

Ou seja, fiquei sabendo do evento, porém tarde demais…

Pior de tudo, o próprio Matt Mullenweg iria abrir o encontro, e palestrar sobre o WordPress, uma oportunidade única – não podia perdê-la!

Mea culpa, pois, afinal, eu é que não conhecia sequer a existência da comunidade WordPress-BR, responsável por organizar o primeiro encontro no Brasil. Quem manda buscar suporte apenas em inglês?

Com calma, verifiquei que, além da palestra de abertura do WordCamp Brasil, Matt falaria em outro evento, o CMS Brasil 2009.

Porém, como nem tudo são flores, ao contrário do WordCamp-BR, o CMS Brasil 2009 era um evento pago, e cujo foco eram três plataformas de gerenciamento de conteúdo, dentre elas o WordPress. Um encontro direcionado a profissionais, não a meros blogueiros, como eu.

Nada contra a cobrança, pelo contrário: o CMS Brasil 2009 foi muito bem organizado, e trouxe excelentes palestrantes, além de Matt; sem contar as oficinas; enfim, aprendi muito por lá, e provavelmente voltarei no ano que vem.

Decidi, então, ir à CMS Brasil 2009, pois recordei uma palestra que assisti, há uns anos, com Jon “Maddog” Hall, fundador do Open Source Internacional, e do fato de que, daquele dia em diante, minha visão sobre informática foi transformada (para melhor, acredito).

Jon disse que todos os softwares deveriam ser livres e flexíveis, e que, para atender necessidades específicas ou não compreendidas na distribuição padrão, os programadores e desenvolvedores ganhariam, com seu trabalho de customização do programa.

Maddog ressaltou a importância da pessoalidade, do contato direto entre o destinatário final, o usuário dos serviços e os desenvolvedores – raro, nos dias atuais (isso, ainda hoje, existe e é valorizado na Automattic – o suporte personalizado).

Há pessoas que me sinto na “obrigação” de ouvir, foi assim com Jon, seria assim com Matt: paguei minha inscrição para o CMS Brasil 2009, em 18.06.09. Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: