Tag Archives: utilidade pública

Dicas sob encomenda – Coloque sua dúvida (sobre qualquer assunto) num comentário desse post e ela será respondida com uma dica de nossa equipe de “especialistas”

1 dez
Dicas sob encomenda - pergunte à nossa equipe de "especialistas" em um comentário deste post e aguarde sua dica!

Dicas sob encomenda - pergunte à nossa equipe de 'especialistas" em um comentário a este post e aguarde sua dica!

Filtros “faça você mesmo” – desinfecção de água em situações emergenciais – enchente SC

25 nov

Li há pouco que a previsão atual para a regularização no abastecimento de água potável na cidade de Blumenau seria de aproximadamente 15 dias. Outras cidades como Jaraguá do Sul, a vizinha Gaspar, Brusque, Ilhota, entre outras, lamentam as mortes e grandes prejuízos causados pelas chuvas.

Há dificuldades e interrupções nas redes elétricas e de abastecimento de gás. Ou seja, infelizmente, algo próximo ao caos, inclusive com a população saqueando supermercados (em busca de provisões) e inflação no preço de combustíveis e até mesmo da água potável, que estaria custando, segundo relatam moradores, cerca de R$20,00 o galão.

Vou deixar os filtros estrangeiros (como o lifestraw) e outras coisas menos tangíveis para um outro post, pois entendo que a situação demanda respostas que possam, inclusive, serem improvisadas.

Assim, seguem algumas idéias e soluções, como o Método SODIS, que já postei anteriormente e que poderiam ser utilizadas em benefício das pessoas afetadas pela falta de água potável:

Continue lendo

Kits de emergência para calamidades e desastres naturais – enchente SC

25 nov

Novamente, em atenção ao estado de calamidade pública em que se encontram várias cidades de Santa Catarina, trago um assunto que pesquisei há um tempo, por motivos diversos (na época, procurava kits para sobrevivência na selva por período indefinido).

Há nos Estado Unidos uma cultura, em parte saudável, em parte um tanto paranóica, na prevenção de desastres naturais e, mais recentemente, ataques terroristas (veja aqui os kits de proteção à ataques terroristas).

Realmente, a exposição deles aos tornados, furacões e terremotos, por si só, já justifica esse entendimento cultural.

Será que não está na hora de nos prevenirmos também?

Lá, é bastante comum a venda e manutenção pelas pessoas em suas casas de kits de sobrevivência, como o abaixo:

Kit de sobrevivência para 4 pessoas

Kit de sobrevivência para 4 pessoas

O kit contém comida, água, lanterna, rádio, primeiros socorros e até mesmo um vaso sanitário (um “balde sanitário”, na verdade); além de abrigo e outros suprimento para enfrentar todo tipo de desastre natural.

Há, por exemplo, uma lanterna com sirene e flash de sinalização, rádio e carregador de telefone celular, tudo com geração própria de energia.

Esse kit para 4 pessoas, por exemplo, custa apenas US$99,00, (digo “apenas” porque em uma eventualidade com esssas, acho que vale o quanto custa) e tem suprimentos suficientes para sustentar 4 pessoas com “conforto” por  pelo menos 3 dias.

Há até mesmo kits de proteção para bichos de estimação.

E, para quem não pode gastar muito, existe o kit de sobrevivência em uma lata de sardinha, com 25 itens de sobrevivência por US$14,00:

Kit de sobrevivência - lata de sardinha

Kit de sobrevivência - lata de sardinha

Continue lendo

Purificação de água apenas com garrafas PET e luz do Sol – técnica SODIS

24 nov

Em solidariedade às vítimas das chuvas que castigam o estado de Santa Catarina, provocando enchentes e inúmeros transtornos como falta de energia elétrica, isolamento e falta de abastecimento de água, achei pertinente colocar em um post um método fácil e eficaz de purificação de água, que independe de conhecimento técnico e de materiais sofisticados: a técnica SODIS para desinfecção da água utilizando garrafas PET e luz solar.

É um sistema barato e efetivo de purificação de água para consumo (além da fervura e cloração, por exemplo), e que, mesmo em situações ausência de infra-estrutura e ainda que com céu completamente nublado, funciona.

Porém, em dias totalmente nublados, são necessárias 48 horas para purificação (dois dias ao sol), ao invés das 6 horas suficientes em dias sem nuvem ou parcialmente nublados.

O método não é nenhuma novidade e é recomendado pela OMS, inclusive. É objeto de diversos estudos publicados por pesquisadores, inclusive brasileiros, já que é aplicado em comunidades do Brasil, que não dispõe de abastecimento pela rede pública ou mesmo saneamento básico.

É certo que a filtragem e fervura da água são menos trabalhosas e mais recomendadas; mas na sua impossibilidade, o SODIS ( de “solar disinfection“), pode ser uma opção para diminuição de riscos de contaminação a índices aceitáveis.

Achei um excelente site, da organização não-governamental Inmed Brasil que possui um tutorial e informações resumidas sobre o funcionamento do sistema:

Como funciona o método Sodis de purificação de água

Ilustração obtida no site do Inmed Brasil

Quem quiser ou precisar saber mais, recomendo que baixe a cartilha em PDF do Instituto Federal Suíço de Tecnologia Aquática (EAWAG), com incríveis 88 páginas detalhando o sistema SODIS, suas qualidades, limitações e formas de funcionamento. Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: