Tag Archives: cantora Susan Boyle

Susan Boyle – o que é beleza, afinal?

17 abr

Pois é…

Há trinta e dois dias que o excesso de trabalho não me permite escrever matérias. Não, ao menos, com a “qualidade” que pretendo.

Então, simplesmente, não escrevo. E, enquanto isso, a pequena lista de assuntos interessantes para postar no blog cresce – e já não está tão pequena assim.

De qualquer maneira, hoje vi algo que não posso deixar de colocar aqui.

Essa cantora, Susan Boyle, 48 anos, concorrente número 43212 do programa “Britain’s got talent”, que foi ao ar no último sábado (11/04/09), fez com que uma platéia, que a ridicularizara momentos antes, a aplaudisse de pé, durante toda a sua apresentação.

Sua interpretação da música “I Dreamed A Dream”, do musical da Broadway “Les Miserables“, foi exibida (até o momento) cerca de 17 milhões de vezes, só no youtube.

Simon Cowell, o jurado conhecido por seus incisivos comentários, se mostrou surpreendentemente respeitoso, mesmo antes da apresentação.

E, no fim, ainda faz graça, dando a entender que ele já antecipara o sucesso da cantora, antes mesmo da apresentação, coisa que ninguém fez (mas o cara tem um raciocínio rápido, não é à toa que é um dos produtores do show).

Assista ao vídeo da apresentação, legendado (clique aqui).

Segundo o site de fãs (montado em tempo recorde), o primeiro e único CD  com participação de Susan Boyle, foi gravado em 1999: um CD em que Susan cantava a balada blues Cry Me A River. O disco, naquela época, teve só 1000 cópias produzidas, e o produto das vendas foi destinado para caridade:

E, afinal, não somos todos presunçosos escravos de uma ditadura estética?

Quantos talentos não devem ser desperdiçados por algum produtor, gravadora, etc., achou a pessoa “feia demais” para promovê-la?

E, no fundo, isso também é culpa nossa.

O jurado Piers Morgan, no artigo  How Susan Boyle Won My Heart, descreveu que o riso das 3.000 pessoas, quando Susan subiu ao palco,  em janeiro deste ano, ecoava pelo grande teatro em Glasgow, na Escócia. E que, assim que ela começou a cantar, as 3.000 pessoas que se tornaram a piada.

E que, após revê-la, no programa de sábado, enviou ao Simon Cowell uma mensagem “Meu Deus, Susan estava melhor do que eu me lembrava —ela é inacreditável.” Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: