Dica: turismo em SP

10 maio

O lançamento do livro “Total São Paulo” no final deste mês de abril de 2009, escrito por uma jornalista norte americana que morou dois anos na Vila Madalena (SP), inspirou a dica de hoje.

Aqui , algumas dicas dos melhores lugares e como passar um dia bem legal na maior cidade da America Latina (em inglês).

São Paulo é uma cidade selvagem e intrigante. Há quem a ame e a odeie.
Com cerca de 19 milhões de habitantes e grande parte, não paulistanos, a cidade tem ofertas para todos os gostos e bolsos.

sampa_margpinheiros_m_m

O que é visto com cara feia por muitos, pode ser um grande atrativo para outros; como, por exemplo: dizer que é “uma cidade cheia de imigrantes”. Sim, e por isso é o lugar onde se come a melhor pizza do mundo, sem falar na quantidade e qualidade dos sushis

É a cidade com o maior número de japoneses fora do Japão, uma cidade de convivência pacífica e generosa.

No bairro do Bom Retiro, vemos um judeu negociando com um árabe, bolivianos que costuram roupas para loja de nordestinos e um italiano comprando bureka na casa búlgara.

Nas palavras do publicitário Washington Olivetto:

São Paulo é sempre surpreendente. Um grupo de meia dúzia de paulistanos significa um italiano, um japonês, um baiano, um chinês, um curitibano e um alemão. (…)”

Na verdade, o grande fascínio de São Paulo é parecer-se com muitas cidades ao mesmo tempo e, por isso mesmo, não se parecer com nenhuma.

São Paulo, entre muitas outras parecenças, se parece com Paris no Largo do Arouche, Salvador na Estação do Brás, Tóquio na Liberdade, Roma ao lado do Teatro Municipal, Munique em Santo Amaro, Lisboa no Pari, com o Soho londrino na Vila Madalena e com a pernambucana Olinda na Freguesia do Ó.

São Paulo é um somatório de qualidades e defeitos, alegrias e tristezas, festejos e tragédias. Tem hotéis de luxo, como o Fasano, o Emiliano e o L’Hotel, mas também tem gente dormindo embaixo das pontes. Tem o deslumbrante pôr-do-sol do Alto de Pinheiros e a exuberante vegetação da Cantareira, mas também tem o ar mais poluído do país.” (leia o texto na íntegra, aqui ou aqui).

Falta sim, muito a ser feito como no mínimo uma grande melhora no transporte público e que as pessoas que tem carro contribuam dando caronas e exigindo mais estações de metro, por exemplo. Ou, seguir o modelo de outras grandes cidades que, como disse uma vez Jô Soares, promovem seus rios e pontes como cartões postais…ai ai Tietê!

Deixo aqui alguns sites que falam sobre São Paulo, e anuncio, em breve, um novo post sobre a elaboração de um mapa sensorial desta cidade…bem interessante!

Se cuidem e até,

m_m

Ler este post em espanhol..


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: